---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Aspectos Econômicos

Publicado em 11/12/2014 às 15:07

O principal filão econômico do município de Sangão é a indústria de cerâmica vermelha, que tem suas principais unidades instaladas ao longo da BR-101. A produção anual chega a 100.000.000 de unidades, que são exportadas para outros Estados brasileiros e para os países do Mercosul. O sucesso da produção deve-se em muito ao solo, abundante em argila. Ainda no setor industrial, a exploração de pedras gera muitos empregos. Na agricultura, destaca-se o cultivo da mandioca. Outra atividade econômica é o beneficiamento e empacotamento da mandioca. A proximidade dos municípios do litoral faz de Sangão um local repleto de chácaras e casas de veraneio.

AGRICULTURA 
Na agricultura a cultura da mandioca é predominante no município, destacando-se também o plantio do fumo, do feijão e do arroz, e em menor escala a cultura da batata, do amendoim, do milho e da cebola. Salienta-se no entanto, o avanço e o beneficamente do cultivo da mandioca, onde extrai-se a massa, o polvilho e a farinha.

PECUÁRIA 
Na pecuária destaca-se a criação de gado de corte, que apresenta uma lenta evolução do rebanho e em menor escala aparece a suinocultura e a avicultura que são estimulados através de fomentos e que já apresentam um certo crescimento.

FLUORITA 
A extração de fluorita também é praticada no Município com grande utilidade industrial. A fluorita explorada no Município é exportada para as indústrias de São Paulo, Rio Grande do Sul e outros estados.

EXTRAÇÃO DE PEDRAS 
É grande também a presença da pedra granítica nessa região. Esta fonte de renda é baseada no corte de granito, realizada por uma expressiva parcela da população. Normalmente quem trabalha nessa atividade é a própria família, sendo o trabalho de corte, totalmente artesanal.

ARGILA 
A extração de argila no Município, está se tornando produtiva, como forma de renda para muitos proprietários, haja visto, que grande parte do subsolo municipal é composto desta matéria-prima essencial para a indústria cerâmica

CERÂMICA VERMELHA 
A base industrial de Sangão está alicerçada na indústria de Cerâmica Vermelha (tijolos e telhas), cuja produção constitui aproximadamente 60% da economia local, sendo que algumas já utilizam a mais moderna tecnologia do País.